Uberlândia se destaca no cenário mineiro com novas startups

Uberlândia se destaca no cenário mineiro com novas startups
Redação
fevereiro11/ 2016

Uberlândia está se tornando um forte mercado de inovação tecnológica. Um exemplo é o desenvolvimento de startups na cidade, que conta hoje com aproximadamente 100 pequenos empreendimentos e esse número avança cerca de 20% ao ano, segundo dados do Sebrae. Com um modelo de negócio de baixo custo, existem uma série entidades e serviços que oferecem suportes específicos para esses empreendedores.

No apoio ao surgimento e consolidação de startups, a I9 é uma entidade sem fins lucrativos que apoia e incentiva o empreendedorismo voltado para a inovação. São cerca de 60 empresas parceiras e 15 startups associadas. A entidade organiza eventos e encontros estratégicos, além de dar suporte para a construção de uma startup, com o objetivo de fortalecer o ecossistema de inovação na cidade e região.

O Sebrae também oferece capacitação por meio de palestras, viagens e consultoria para interessados.

Já o Laboratório de Inovação Tecnológica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) é uma parceria entre a universidade e o grupo Algar para o desenvolvimento de softwares e melhoramento de dados. O intuito da parceria também é o trabalho de fontes de energia alternativa com outros laboratórios.

A participação de programas de aceleração, como o SEED (Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development) , ajudam a destacar as ideias dos empreendedores da região um destaque no mercado mineiro. Jovens uberlandenses, como Alexandre Rodrigues, vão participar da seletiva do SEED. Rodrigues desenvolveu uma plataforma para que turistas que viajam em grupos possam conseguir preços mais acessíveis em hotéis e hostels. A ferramenta de Rodrigues já possui cerca de 1,9 mil hotéis e 200 hostels cadastrados e disponíveis para consulta. “Acho que um investimento do poder público como esse é fundamental. A equipe que trabalha comigo vai participar e acreditamos na possibilidade dessa ajuda no nosso projeto”, afirmou o empreendedor.

Criado pelo Governo de Minas Gerais, o SEED é um programa de aceleração de ideias de base tecnológico. Serão selecionadas 40 startups, que receberão até R$ 80 mil reais cada uma, além de ferramentas e oportunidade de aprender com grandes empreendedores.

Fonte: Correio de Uberlândia

Apoiadores