Startup cria aplicativo que rastreia sementes no Brasil

Redação
janeiro22/ 2017

Assim como nas indústrias de transformação e agroindústrias, a rastreabilidade de outros produtos, principalmente alimentos, vem ganhando força nos últimos anos, tornando-se uma excelente opção para quem deseja fidelizar o consumidor, a partir do repasse de informações sobre os caminhos percorridos de tudo aquilo que chega à mesa das famílias. E no meio rural, esse tipo de serviço também surge como necessário.

Com foco no agronegócio, a startup gaúcha O Agro Softwares para o Agronegócio acaba de lançar o aplicativo Sementes Rastreadas, uma solução on-line que registra dados detalhados para controle de toda a cadeia produtiva, dos campos de produção, passando pela Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) até a comercialização.

Na opinião de Alexandre Gazolla, engenheiro agrônomo e fundador da empresa, “a rastreabilidade é um processo de grande relevância para o agro, porque pode proporcionar, aos produtores de sementes e agricultores, maior controle sobre as etapas de produção, garantindo qualidade e reduzindo custos. Ainda facilita a vida do homem do campo, na hora de comprar os insumos com maior confiabilidade”.

Segundo a startup, no meio rural, responsáveis técnicos das empresas produtoras de sementes registram informações detalhadas sobre o manejo direto no app, registrando aplicações de produtos e vistorias técnicas com índices e fotos. Na UBS, por sua vez, a ferramenta aperfeiçoa o controle da recepção das cargas, estoque, transferências e criações de lotes de beneficiamento e embalo.

“A organização, que atualmente é feita por meio de planilhas, passa a ser bem mais rápida, simples e completa, gerando economia de tempo e mão de obra”, comenta Gazolla, que trabalha ao lado do analista de sistemas Frederico Fonseca e do investidor Bruno Zanchet, que entrou para a sociedade no ano passado.

Relatório

Conforme o engenheiro agrônomo, o relatório de todas as informações rastreadas fica disponível no site da empresa produtora de semente e pode ser acessado pelo agricultor por meio de um código de barras 2D, localizado no rótulo de cada embalagem. Na mesma homepage, o usuário pode encontrar os dados detalhados da cultura, a localização e extensão do campo de produção, resultados de qualidade do lote de sementes, entre outros.

“Possuir um histórico de germinação e vigor são as informações mais essenciais ao agricultor, que tem a segurança de que o produto que está comprando terá um ótimo desempenho no campo”, aponta Gazolla.

O histórico de produção, segundo a O Agro, permite o registro e acompanhamento de todas as atividades e aplicações que ocorreram nas áreas de produção de sementes, da semeadura até a colheita:

* O registro das informações pode ser realizado pelo próprio cooperado ou o responsável pela empresa produtora de sementes, mediante acesso seguro ao sistema;

* Entre os dados lançados no sistema, é possível identificar atividades que serão exibidas na Rastreabilidade On-line. Os demais ficam restritos ao acesso da empresa produtora de sementes para fins de gestão;

* Para a gestão e acompanhamento das informações serão disponibilizados relatórios específicos.

Plantabilidade

Outro benefício para quem compra um lote com rastreabilidade é a calculadora de plantabilidade, que recomenda quando e em qual proporção as sementes devem ser distribuídas no campo.

“Rastreabilidade significa agregar valor à semente do produtor e conferir credibilidade a seu trabalho. Do outro lado, o agricultor tem, mais do que um histórico, informações essenciais para o planejamento e alocação de recurso durante a semeadura. Essa técnica deve evoluir muito nos próximos anos no Brasil e no mundo”, diz Gazolla.

Para mais informações, acesse www.oagro.com.br e www.sementesrastreadas.com.br.

Fonte: Sociedade Nacional de Agricultura

 

Apoiadores