Robótica para crianças

Téo Scalioni
junho30/ 2015

Para desenvolverem habilidades técnicas e o interesse em tecnologia, os alunos do Serviço Social da Indústria de Minas Gerais (Sesi-MG) desde os sete anos começam aulas práticas de robótica educacional. Utilizando a metodologia dinamarquesa Lego, que usa peças de encaixes como o brinquedo, as crianças têm as primeiras noções de mecânica, e caso tenham interesse, poderão continuar a se aperfeiçoar nos cursos técnicos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

  De acordo com a analista educacional do Sesi-MG, Anete Maria Oliveira, o objetivo da instituição é de uma maneira inovadora, oferecer uma visão de aplicabilidade de robôs na educação. Segundo ela, com a robótica os alunos desenvolvem a ciência, matemática e a física de uma maneira diferente. “De um jeito mais lúdico, sem aquela pressão, como uma atividade mais tranquila. As crianças aprendem de forma criativa, desenvolvendo um raciocínio lógico”, explica Anete.

Nesse contato com a robótica, por meio de equipes, os alunos desenvolvem projetos em que os melhores de cada escola participam de um torneio em que competem várias escolas brasileiras. Na competição nacional, a vencedora é classificada a participar de um torneio internacional. Na edição do ano passado, um time de seis alunos do Sesi-MG, chamada de equipe Superação,  venceu na categoria 15 e 16 anos, o Torneio Internacional de Robótica mostrando um equipamento que identifica e alerta queimadas em áreas florestais com riscos de incêndios.

Apoiadores