Participe da Oficina Introdutória Dragon Dreaming – Criação Colaborativa de Projetos em Belo Horizonte

Redação
abril11/ 2017

O Dragon Dreaming é uma tecnologia social vivencial de co-criação de projetos colaborativos, criativos e sustentáveis, baseado no planejamento estratégico participativo, teoria de sistemas vivos, ecologia profunda e sabedoria ancestral aborígene. Os projetos desenvolvidos com esta tecnologia trabalham para construir uma cultura de cuidado e sustentação da vida.

A proposta do Dragon Dreaming foi criada por Jonh Croft e desenvolvida, há mais de 20 anos, pela Fundação Gaia, na Austrália Ocidental, tendo por base três princípios:

• Crescimento pessoal – compromisso com o empoderamento das pessoas envolvidas com o projeto
• Construção dos sentidos de comunidade – fortalecimento das comunidades onde o projeto é realizado.
• Serviço à Terra – responsabilidade ativa para com a Terra, trabalhando pelo bem-estar e prosperidade de toda a vida.

Os projetos Dragon Dreaming se preocupam em criar relações onde todos ganhem (ganha-ganha) – seres vivos e ambiente – em detrimento das relações de exploração e dominação antropocêntrica (ganha-perde e perde-perde) preconizadas pela cultura baseada no capital, além de recuperar ambientes degradados onde for possível e garantir que, de alguma forma, o ambiente seja melhor para toda a vida.

Na prática, a vivência de um projeto dragon dreaming possibilita:

• despertar o sonho coletivo;
• articular e alinhar a equipe de trabalho;
• estimular a autogestão;
• planejar de forma intuitiva e colaborativa;
• desenhar estratégias de forma lúdica e consciente;
• elaborar um plano de ação criativo e envolvente;
• trabalhar a motivação e comprometimento dos participantes;
• praticar o ganha-ganha, a cooperação e o consenso;
• vivenciar o projeto de forma partipativa e comprometida;
• estimular o desenvolvimento de novos aprendizados e habilidades;
• celebrar as realizações.

Após o curso os participantes terão:

1. Aprendido os passos e etapas de um projeto de sucesso, podendo aplicar isto a seu próprio projeto
2. Experimentado um círculo dos sonhos para um projeto de transformação social coletiva
3. Visto como construir uma ponte entre o Círculo dos sonhos e o planejamento (tabuleiro do jogo do projeto)
4. Experimentado o processo de criação de um tabuleiro do projeto (Karabirrdt), e ter alguma idéia sobre como utilizá-lo para criar participativamente a estratégia do seu próprio projeto.

O Dragon Dreaming é um método que libera a inteligência coletiva e promove a capacidade de adaptação de forma criativa e positiva em situações de mudanças rápidas.

Nos dias 29, 30 de Abril e 1 de Maio, Belo Horizonte irá receber uma oficina introdutória. Para participar, basta se inscrever aqui. O evento é uma realização da Casa Imaginária.

Durante a oficina, utilizaremos um ou mais projetos propostos pelos participantes e aplicar as 4 fases do Círculo do Dragon Dreaming: SONHAR > PLANEJAR > REALIZAR e CELEBRAR.
Conteúdo:

Percurso de aprendizados para esta viência:
Dragon Dreaming: projetos e a vida
Escuta Profunda
A Roda do Dragon Dreaming
4 Dimensões de um projeto
Cuidado Permanente e Autogestão
Cultura Colaborativa e Ganha-Ganha
Inteligência coletiva
Time de Sonhos
Comunicação Carismática Compassiva
Círculo dos Sonhos
Desenho dos Objetivos
12 passos de um projeto Dragon Dreaming
Karabirrdt – Plano de Ação
Economia Sagrada
Orçamento
Celebração e Sabedoria Ancestral
A experiência do projeto Guardiões da Terra

Facilitadoras:

Amanda Couto Araújo

Educadora, artivista e facilitadora de grupos. Formada em Gestão de Cooperativas pela UFV, atua na criação de projetos e iniciativas junto a grupos e organizações utilizando a tecnologia social Dragon Dreaming, da qual é treinadora formada com John Croft. Realizou vivências e cursos com artesões, jovens, grupo de mulheres, pequenos produtores rurais e ONG’s no Brasil, Bolívia, Peru e Equador.

Fundadora do núcleo criativo Infinitum arte.ações é realizadora do Projeto Colaborativo Guardiões da Terra e do documentário “Semillas de Oro”. Promove vivências ecocriativas com práticas holísticas, artísticas e ecológicas. Estuda e atua com terapias e práticas complementares como florais, reiki, aromaterapia e radiestesia.

Renata Rigueira Santiago

Administradora de empresas com experiência na área ha mais de 12 anos, atuando com gestão empresarial na indústria, comércio e gestão financeira de projetos. Compartilha saberes em design organizacional e gestão de projetos. Pósgraduada em Gestão Estratégica pela UFV, com formação em Educação Gaia – design em sustentabilidade e Dragon Dreming com Jonh Croft.

Fundadora do Núcleo Criativo “Infinitum arte.ações”, co-criadora do documentário “Semillas de Oro” e realizadora do projeto colaborativo Guardiões da Terra. Realiza co-facilitação de grupos utilizando a tecnologia social Dragon Dreaming. É fotógrafa intuitiva e dedica-se ao aprendizado da agroecologia, comunicação inter-espécies, aromaterapia e homeopatia para solo,animais e humanos.

Apoiadores