Oi Futuro e Startup Farm lançam programa para acelerar startups de impacto social

Redação
maio07/ 2018

O Oi Futuro, instituto de Inovação e Criatividade da Oi, e a aceleradora Startup Farm, lançaram um programa de inovação que busca até dez startups de impacto social para serem aceleradas em etapa presencial na cidade do Rio de Janeiro.

Batizado de “Ahead | Labora Oi Futuro”, a iniciativa está aberta a empreendedores de todo o Brasil, com inscrições que se encerram no dia 23 de maio.

O programa busca negócios que tenham em seu produto ou serviço uma solução que ajude a resolver grandes problemas da sociedade e impacte positivamente a vida das pessoas, considerando especialmente as necessidades e demandas da base da pirâmide socioeconômica. Entre os exemplos que a iniciativa busca estão startups que se voltem para as áreas de segurança, saúde, educação, habitação, alimentação acessível e saudável, cidades para cidadãos (infraestrutura, meio ambiente, mobilidade etc.), geração de emprego e renda e soluções financeiras para classes C, D e E. Fique por dentro: A Mundo Corporativo mostra como a modernização do setor de saúde também passa por novas tecnologias Patrocinado 

Programação

As startups selecionadas contarão com uma ampla rede de mentores, investidores e especialistas do mercado. O programa tem como sede o Lab Oi Futuro, espaço de criação, experimentação e colaboração que o instituto inaugura em abril, no bairro no Flamengo, no Rio. Com mais de 500m², o laboratório oferece estrutura física e suporte técnico necessários para que seus participantes viabilizem seus projetos. A Startup Farm integra a rede Google for Entrepreneurs e também conta com o apoio da Baptista Luz Advogados e a Falconi.

“Esse edital é uma combinação muito interessante da expertise da Startup Farm em aceleração de negócios com potencial disruptivo com a bagagem de 17 anos de investimento social do Oi Futuro”, diz Carla Uller, gerente executiva de Inovação Social do Oi Futuro. “Em 2017, lançamos o Labora, nosso laboratório de Inovação Social, apostando no empreendedorismo e na inovação para impulsionar iniciativas sustentáveis e escaláveis de transformação social. Ao inaugurarmos nosso espaço físico agora, estamos estimulando também a articulação de redes colaborativas de empreendedores para gerar soluções inovadoras para a sociedade”.

Para Alan Leite, CEO da Startup Farm, este programa será um dos mais especiais que já fizeram. “Esta edição é muito especial, pois tem clara a intenção de ajudar as startups que se proponham a solucionar os grandes problemas do Brasil, principalmente as startups que gerem valor para a base da pirâmide social”, explica.

 

Fonte: IDGNow!

Apoiadores