Inter: banco digital aponta crescimento e chega a mais de 1 milhão de correntistas

Redação
outubro08/ 2018

O Banco Inter , primeiro banco 100% digital e gratuito do Brasil, anuncia nesta quinta-feira (4) a prévia dos seus resultados operacionais no 3º trimestre de 2018. No período, a instituição abriu 308 mil contas digitais e superou a marca de 1 milhão de correntistas. No mês de setembro, foram abertas 6 mil novas contas por dia útil. O crescimento no número de contas digitais foi de 287% na comparação com o 3º trimestre de 2017.

O número de clientes investidores registrou uma alta de 222% ante o terceiro trimestre de 2017, totalizando 85 mil. Além disso, a instituição lançou dois serviços: o Câmbio Digital no aplicativo, e a caderneta de poupança. No caso da aplicação, em apenas 45 dias foi registrada a entrada de 18 mil clientes.

 Com as novas regras para a portabilidade salarial, que passaram a vigorar em julho, o Banco Inter também teve um aumento no volume de solicitações portabilidade de salário para a instituição, com mais de 36 mil pedidos só no terceiro trimestre do ano.

 De acordo com João Vitor Menin, CEO do Banco Inter, a proposta de valor diferenciada do banco tem atraído cada vez mais clientes e acionistas. “Além da isenção de tarifas, que é uma das bandeiras mais importantes da revolução bancária que estamos promovendo, temos uma oferta completa de serviços financeiros. Isso possibilita um crescimento rápido, ao mesmo tempo em que aumenta as possibilidades de geração de receitas por meio de uma plataforma que oferece um vasto portfólio de produtos”, explica.

 Sobre o Banco Inter

O Banco Inter possui mais de 23 anos de mercado e atuação em todo o território nacional. É o 1º banco 100% digital do país e o único a oferecer uma conta totalmente isenta de tarifas, que serve como porta de entrada dos clientes para uma completa plataforma digital de serviços. O Inter foi o primeiro banco digital a abrir capital no Brasil, em abril de 2018, e está listado no Nível 1 da Bolsa de Valores (B3).

 A instituição acredita que a relação das pessoas com seu banco pode ser mais simples, transparente e justa, e trabalha para essa transformação acontecer. Atualmente, o banco conta com uma carteira de crédito de mais de R$ 2,9 bilhões e responde por mais de 1% do segmento de crédito imobiliário no Brasil. Seu patrimônio líquido é de R$ 924,6 milhões e os ativos totais ultrapassam R$ 4,9 bilhões.

Apoiadores