Estudante de 15 anos cria app que ajuda a combater o cyberbullying

Redação
agosto25/ 2015

Trisha Prabhu, uma estudante americana de 15 anos, preocupada com o impacto do cyberbullying na sociedade, desenvolveu o aplicativo ReThink. Consternada ao saber do suicídio de uma menina de 11 anos, vitíma de Cyber Bullying, Trisha tirou a inspiração que precisava para tentar minimizar o impacto dessas práticas.

O app Rethink funciona basicamente como um alerta para que você repense suas mensagens antes de enviá-las. O programa emite um alerta ao detectar uma mensagem de cunho potencialmente ofensivo e impede o agressor de enviá-la sem, ao menos, repensar o envio. A simplicidade do app é um de seus diferenciais e segundo a empresa 93% dos usuários do aplicativo repensam suas frases antes de enviá-las.

A recepção do aplicativo foi tão boa que a americana foi convidada para contar sua história no TED, além de ser premiada na Google Science Fair. O aplicativo se encontra disponível para download (em inglês) na Google Play Store. Uma versão para iPhone será lançada nos próximos meses.

 

Apoiadores