Um app para achar o “cara ideal”

Redação
setembro08/ 2015

Achar o “cara ideal” está ainda mais difícil. E isso não tem nada a ver com atributos físicos e com personalidade. É que na verdade está difícil achar mesmo é um “cara”. O último censo do IBGE demonstra um grande desafio para a mulher de Minas Gerais: elas estão em maior número que os homens, ultrapassando-os em mais de 154 mil na população geral e 16 mil a mais na faixa etária dos 15 aos 29 anos. Com o objetivo de ajudar as mulheres nessa procura, surgiu o aplicativo AdoteUmCara.com.br.

O aplicativo permite que as mulheres escolham seus “produtos” favoritos, como num verdadeiro catálogo virtual, coloquem no carrinho de compras e iniciem uma relação, seja para amizade ou algo mais. O perfil da consumidora do AdoteUmCara.com.br está na faixa etária de 18 a 35 anos que quer questionar os antigos hábitos amorosos, e o Estado de Minas Gerais representa 10% da base de usuários do serviço em todo o Brasil.

No aplicativo, além da busca por localização, a inovadora busca por hashtags permite encontrar pessoas com muito mais afinidade, com gostos e estilos parecidos. Esse é o primeiro app que inverte os papéis tradicionais do jogo da sedução: são as mulheres que dão o primeiro passo. O homem só pode trocar mensagens se for escolhido pela mulher, mas pode mandar charmes para chamar sua atenção.

*Colaborou com o envio dessa pauta o jornalista Robhson Abreu, parceiro do Minas Inova e editor da PQN.

Apoiadores