Último dia para se inscrever no BioStartup Lab

Redação
fevereiro05/ 2017

Estão abertas as inscrições para selecionar 21 startups para a terceira rodada do BioStartup Lab. O programa busca equipes de empreendedores e pesquisadores com ideias e projetos ou empresas em início de atividades que pretendem levar ao mercado novos produtos ou serviços nas áreas de saúde humana, digital health, saúde animal/agronegócio e meio ambiente. Podem se candidatar equipes de todo o mundo. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de fevereiro, por meio do formulário eletrônico disponível em www.biostartuplab.org.br/inscricoes.

A Unimed Belo Horizonte é parceira do BioStartup Lab desde a primeira rodada da iniciativa. Em 2015, realizou junto ao programa e ao Centro Universitário Newton Paiva um hackathon para pensar novas soluções para saúde que envolvam hardware. A partir da terceira rodada, a Unimed-BH tornou-se uma empresa âncora, ou seja, é uma das companhias que buscam praticar inovação aberta e investir no relacionamento com startups mirando atuação conjunta para acelerar o desenvolvimento de produtos, resolver demandas internas ou expandir seus negócios em outras áreas. A cooperativa vai dar ritmo à rodada, participando mais ativamente do desenvolvimento das startups, acompanhando de perto a modelagem do negócio, apoiando a validação dos produtos e serviços e, inclusive, participando do processo de seleção de startups em suas áreas de interesse.

Por ser referência nacional em seu segmento de atuação, a Unimed-BH possui estrutura e desempenho no mercado que podem ser ativos muito estratégicos para acelerar o processo de validação e de criação de um modelo em sintonia com demandas reais. Está presente na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas na Grande Belo Horizonte e faz parte de um sistema que conta com outras 350 cooperativas que compõem o Sistema Unimed no País. Seu Centro de Inovação busca conectar experiências e abrir caminhos para criar soluções que geram valor, conhecimento e sustentabilidade para o seu negócio.

O programa

O grande diferencial do BioStartup Lab é que ele é o único programa especializado e totalmente focado no setor de ciências da vida. O propósito do programa é acelerar a criação de startups de hardsciences (de forte base científica), ou seja, uma nova geração de empresas capazes de transformar ciência em produtos e serviços inovadores e, com isso, diversificar o ecossistema de startups, que atualmente é predominantemente constituído por empresas que oferecem soluções baseadas na tecnologia da informação, como os softwares e os aplicativos.

O programa foi lançado há pouco mais de um ano e de lá para cá, realizou duas edições, que receberam mais de 900 inscrições de empreendedores vindas de oito países e selecionou 42 startups de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Bahia.

 

Fonte: SEGS

Apoiadores