UFMG e UFV estão entre as universidades que mais incentivam o empreendedorismo

Redação
dezembro01/ 2016

A Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior), em parceria com a consultoria McKinsey, divulgou na última semana o ranking com as 10 universidades que mais estimulam o empreendedorismo no Brasil.

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) representam Minas Gerais no ranking e ocupam, respectivamente, os 6º e o 7º lugar. O estado de São Paulo lidera a lista com três representantes nas dez primeiras colocações, seguido por Minas Gerais (2) e Rio Grande do Sul (2). O Nordeste tem apenas a Universidade Federal do Ceará no top 10 e a região Norte não apareceu com nenhuma instituição entre as 10 primeiras colocadas.

A pesquisa analisou itens como cultura empreendedora, inovação, extensão, capital financeiro, internacionalização e infraestrutura. Os eixos centrais do estudo foram definidos após os estudantes apontarem quais aspectos eram considerados fundamentais para que uma instituição se tornasse referência em empreendedorismo.

Além disso, os estudantes também elencaram as experiências mais relevantes para o desenvolvimento do empreendedorismo nas instituições. Entre as ações lembradas estão a presença de empresas juniores, postura empreendedora por parte dos professores, infraestrutura e relação universidade-empresa.

A pesquisa foi realizada com mais de 4 mil universitários de todo o país entre os meses de julho e agosto deste ano. A pesquisa também avaliou 42 universidades em todo o país, que foram escolhidas entre as que compõem as 100 primeiras do Ranking Universitário da Folha (RUF) e que possuíam empresas juniores.


Confira a lista completa das 10 universidades que mais estimulam o empreendedorismo no Brasil:

  1. Universidade de São Paulo (USP) – nota 7,67
  2. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – nota 6,91
  3. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO) – nota 6,30
  4. Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) – nota 6,25
  5. Universidade Federal do Ceará (UFC) – nota 6,10
  6. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – nota 6,09
  7. Universidade Federal de Viçosa (UFV) – nota 6,04
  8. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – nota 6,03
  9. Universidade Estadual de Maringá (UEM) – nota 5,87
  10. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – nota 5,85

Fonte: Simi

Apoiadores