Alumínio ganha força na construção

Téo Scalioni
maio06/ 2015

A evolução dos materiais tem levado avanços à construção civil, oferecendo soluções que ajudam a poupar tempo e dinheiro. O uso da forma de alumínio é uma delas. Hoje, normalizada em obras, com o sistema testado e validado pelos órgãos responsáveis, o método inovador se transforma em tendência no setor, substituindo o tradicional processo de bloco sobre bloco.

As vantagens da forma de alumínio, segundo o engenheiro e diretor da Habit Construtora, Bruno Barcelos, são muitas. Ele observa que, por ser mais rápido e exigir menos mão de obra, esse modelo de construção acaba sendo mais barato. “Além de não gerar muito entulho, é mais fácil de manusear, permite tubulações elétricas embutidas e não precisa de reboco, pode pintar direto”, enumera. Ele afirma que a Habit, com 40 anos no mercado da construção civil, trabalha com sucesso em dois empreendimentos com a forma de alumínio: um em Belo Horizonte, com 274 apartamentos, e outro em São Paulo, com 300 unidades.

Para Barcelos, trata-se de um sistema inovador que hoje é uma tendência. Ele acredita que, principalmente, pelo fato de a mão de obra estar cara e escassa, a inovação tem sido a solução para cobrir essa falta. “As tecnologias inovadoras chegam com o objetivo de economizar. Por isso, sempre estamos atentos a congressos, feiras e sindicatos, para ver se encontramos algo interessante que possa ser aplicado”.

Com relação à velocidade de construção, Barcelos aponta que dependendo da quantidade de formas, em oito dias, é possível fazer toda a estrutura de um prédio. Ele explica que, devido ao aumento da tecnologia, hoje, empresas se especializaram em oferecer os moldes por meio de aluguel. “A construtora paga mensalmente pelas formas de alumínio e, depois de utilizá-la, devolve. No entanto, dependendo do tamanho da obra, vale a pena comprar”.

www.habit.eng.br

Apoiadores