Startups mineiras apontam crescimento e revolucionam seu mercado de atuação

Larissa Borges
dezembro05/ 2017

O segmento de startups cresce a cada ano, e a região Sudeste, representada por São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, é a que mais se destaca em comparação aos outros territórios do país. De acordo com a Associação Brasileira de Startups (ABStartups), existem atualmente 5 mil startups cadastradas no Brasil, sendo que 591 estão localizadas na região mineira, ocupando a segunda posição, ficando atrás apenas de São Paulo que lidera a lista com 1324 empresas registradas.

Em Minas Gerais, existem programas e comunidades que ajudam a fomentar esse ecossistema, como por exemplo, o San Pedro Valley e o Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed), ambas em Belo Horizonte, além de universidades e programas de aceleração, como o Fiemg Lab.

Outro dado que comprova esse crescimento é com relação às vagas abertas nessas empresas. Um levantamento feito pela Gama Academy, escola que seleciona e capacita os melhores talentos para trabalhar em startups, mostra que há mais de 100 vagas em aberto na capital mineira.

Para comprovar esse cenário, abaixo estão algumas startups que alcançaram  crescimento significativo e revolucionam seu mercado de atuação:

  1.  Evnts: plataforma tecnológica de reserva de hotéis para eventos e grupos, atinge em 2017 aumento de 490% em valor de vendas em comparação com o ano anterior, e com relação ao número de reservas, a empresa praticamente triplicou o número de eventos neste ano.  Criada em 2015, a startup é a primeira tecnologia que assegura a melhor tarifa de hospedagem que poderá ser encontrada na internet, pois ela centraliza todas as opções de hotéis e integra as informações com a página de cada evento. Dessa forma, a empresa consegue oferecer descontos de 20% a 40% em hotéis parceiros;
  1. Tracksale: startup tem como objetivo melhorar a experiência de compra do consumidor por meio da metodologia Net Promoter Score (NPS) e outros indicadores que medem a experiência do cliente. A empresa disponibiliza mais de 70 relatórios inteligentes que cruzam dados estratégicos e geram insights para tomada de decisão e indicam quais falhas e gargalos foram encontradas em cada empresa. Este ano, a Tracksale anunciou a expansão de suas atividades para a Argentina. A expectativa é que a empresa fature nos primeiros três meses do ano $4,5 milhões de pesos argentinos, um aumento de 15% no seu faturamento total;
  1.  Gama Academy: trabalha com recrutamento e treinamento de talentos para o mercado digital. A escola de transformação de talentos nas áreas de programação, design, marketing e vendas conecta profissionais a oportunidades de trabalho em startups, e-commerce e empresas digitais, também potencializa talentos que já trabalham neste ecossistema, ensinando empresas tradicionais a inserir o mindset de startups em sua estratégia e rotina. Utilizando uma metodologia de ensino inovadora, que consiste na vivência de desafios reais de um ambiente de startup, a Gama Academy oferece programas que se diferenciam pela modalidade gratuita ou paga, e também pela intensidade de aprendizado, proporcionando uma experiência única para os alunos. Os cursos buscam preparar de maneira plena os profissionais que as empresas digitais procuram. Esse ano, a Gama expandiu sua atuação para Florianópolis;
  1. Agrosmart:é a plataforma de agricultura digital líder na América Latina que ajuda produtores rurais a tomarem as melhores decisões no campo e serem mais resilientes às mudanças climáticas. A empresa gera recomendações ao monitorar lavouras por meio de sensores e imagens de satélite, interpretando as necessidades da planta em tempo real em relação a irrigação, doenças e pragas. O uso do sistema permite economizar até 60% de água, 40% de energia e aumentar a produtividade em até 15%. Grande parte das áreas monitoradas do país se concentram no estado de Minas Gerais;
  1. Jobin: recém-chegada ao mercado, a marca especializada em modelos exclusivos de tênis sem cadarço do tipo slip on (também conhecido como iate) se inspira no resgate da brasilidade, respeito à diversidade e riqueza de valores espirituais para desenvolver coleções colaborativas que atendam um público que mescla o estilo descolado ao urbano. Por meio de e-commerce próprio e inserção nos grandes marketplaces, como a Dafiti, a  expectativa até o final de 2017 é tornar-se conhecida em todo o país e conquistar milhares de adeptos ao estilo descolado e confortável;
  1. Samba Tech: pioneira na distribuição de vídeos online na América Latina. A empresa oferecediversos produtos,desenvolvidos em nuvem e com tecnologia de streaming de ponta, para atender mercados como os de comunicação corporativa, tv na internet, educação à distância e transmissão ao vivo. Todos têm o propósito de ajudar empresas a se comunicarem melhor com sua audiência por meio de vídeos online. Além disso, a Samba Tech também lançou plataformas com objetivo de ajudar quem deseja vender seus conteúdos por meio dos vídeos e ganhar uma renda extra.

Hoje, depois de duas novas rodadas de investimento, uma parceria Global com o MIT, Microsoft e Harvard, a Samba conquistou 12 prêmios nacionais e internacionais, tem mais de 80 funcionários, escritórios no Brasil e no exterior, mais de 300 clientes, incluindo os maiores grupos de mídia, instituições de ensino, algumas das maiores empresas do Brasil e canais de vídeos online. Em 2004 foi eleita pela Fast Company como uma das empresas mais inovadoras do país. Recentemente, foi eleita pela Great Place to Work, uma das 15 melhores empresas de TI para se trabalhar no Brasil.

Apoiadores