Rodada de Negócios do Sebrae gera excelentes resultados

Rodada de negócios do Sebrae gera excelentes resultados
Redação
outubro02/ 2015

A Rodada de Negócios Internacional de Belo Horizonte e Região chegou a mais de R$ 262,7 milhões em expectativas de negócios. O encontro reuniu 323 micro e pequenas empresas fornecedoras de produtos e serviços, que se reuniram com 70 grandes compradores nacionais e internacionais. O evento foi realizado durante o Exchange Sebrae, nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, na Serraria Souza Pinto.

Rodada de Negócios do Sebrae

A Rodada de Negócios do Sebrae teve a participação de oito empresas da Alemanha, África do Sul, Bolívia, Colômbia e México e 62 grandes empresas nacionais dos setores de mineração, hotelaria, alimentação, comunicação, metalurgia e energia. “Belo Horizonte reúne todas as possibilidades para bons negócios. Este encontro é um verdadeiro celeiro de oportunidades para as micro e pequenas empresas”, destaca o gerente do Sebrae Minas Antônio Augusto Vianna de Freitas.

Entre os ofertantes que participaram da Rodada de Negócios do Sebrae está o empresário Júlio César Pinho, da SignPrint. A empresa de impressão digital participa pela primeira vez da Rodada de Negócios. Os troféus personalizados no formato de caricaturas de acrílico chamou a atenção dos compradores. “O nosso diferencial são os produtos personalizados. Produzimos de acordo com a necessidade do cliente”, afirma Pinho.

Além de se apresentar para grandes empresas, Pinho teve a oportunidade de conversar com outros ofertantes enquanto a aguardava o agendamento. “Um encontro para fazer negócio com empresas de qualquer porte. Tive a oportunidade de falar com grandes empresas e ainda fiz bons contatos e parcerias com empreendimentos de menor porte. Foi tão surpreendente que agora vou participar de todas as Rodadas”, diz o empresário.

Mesmo em tempos de crise, o empresário Diego Barbosa não se intimidou e há seis meses abriu a Consultion, empresa de e-commerce e sistemas web.  “A grande oportunidade dos varejistas é vender pela internet, já que está fraco o movimento em lojas físicas. O e-commerce é uma saída para vender o estoque. A Rodada de Negócios é uma boa maneira de apresentar minha empresa para o mercado e fazer uma rede de contatos”, destaca o empresário.

Também participaram da Rodada de Negócios do Sebrae gestores culturais e músicos mineiros que negociaram diretamente com cinco produtoras, agentes e gravadoras do Brasil, Colômbia e México. “A música brasileira é muito representativa em todo o mundo. A bossa nova faz muito sucesso lá fora, tanto que levamos artistas brasileiros para participar de um festival cultural no México. A Rodada de Negócios é uma ótima oportunidade para encontrar bons representantes da cultura brasileira”, conta o mexicano da Amalfi, Victor Andola.

Exchange Sebrae

Em dois dias, 2.420 pessoas participaram de 72 palestras, painéis e workshops direcionados para os segmentos de startups, tecnologia, design, mobile, negócios e economia criativa. Os empreendedores também puderam participar do Fórum de Investidores, que reuniu instituições financeiras, fundos de investimentos e governo para discutir sobre investimentos no estado para o segmento de startups. Também foi promovida uma de sessão de negócios, com 21 investidores nacionais  e internacionais.

Empresários e investidores interessados em conhecer as principais soluções desenvolvidas por 53 startups mineiras estiveram presentes no DemoDay Minas.

Já o Hackathon, maratona de programação promovida pelo Sebrae Minas, teve 107 inscritos. Destes, 43 programadores, desenvolvedores e inventores foram classificados, e se dividiram em oito equipes para criar soluções inovadoras em web, móbile e hardware para duas grandes empresas mineiras nas áreas de saúde e eventos.

O Exchange Sebrae é realizado pela primeira vez em Belo Horizonte e integra a programação do Minas Startup Week, movimento mundial de empreendedores.

Fonte: Sebrae

 

Apoiadores