Realize mostra que jornalismo com autonomia é possível

Redação
maio04/ 2016

Os dilemas do jornalismo são os mesmos para antigos e novos profissionais, principalmente agora que a profissão passa por mudanças estruturais. Crise é uma palavra que quem escolheu viver desse ofício já se habitou. Por isso, os jornalistas de redação, televisão e até mesmo assessorias têm uma relação de amor e ódio que oscila várias vezes ao longo do dia. Quem disse que seria fácil?

O desenvolvimento das novas tecnologias pode ter assombrado muitos jornalistas no início, mas muitos têm visto o advento das mídias sociais, sites de uma maneira geral, novas ferramentas e softwares como aliados. Esse é o caso da Verônica Machado.

A jovem jornalista é especialista em Marketing Digital. Começou a carreira como repórter do projeto Plenarinho, da Câmara dos Deputados. E por anos, trabalhou em várias editorias do Correio Braziliense. Hoje, dedica seu tempo ao empreendedorismo na comunicação dos negócios Delícia Pronta, Vidas Contadas e Jornalista 3.0.

Depois de montar seu primeiro projeto, percebeu que ter autonomia para trabalhar era o que buscava desde que se formou. “Depois de conseguir desenvolver um trabalho independente, percebi que meus colegas continuavam frustrados com a situação do jornalismo na grande mídia, mas não conseguiam ver a internet como uma saída. Assim, surgiu a ideia do curso Realize”, conta Verônica.

O Realize traz habilidades fundamentais para trabalhar na era digital, um conteúdo que não é ensinado nas faculdades. O programa apresenta um cronograma completo para montagem de qualquer projeto na internet. O curso ensinará aos jornalistas como pensar em uma ideia até colocá-la no ar e mantê-la em uma curva de crescimento. O foco é transformação!

Como funciona  Realize?

Para desenvolver a metodologia do Realize, Verônica Machado reuniu a experiência como jornalista com o aprendizado da pós e cursos na área. “A ideia é que em cada aula o aluno realize uma etapa do seu projeto. Por isso, após dois meses do curso, a pessoa estará com o projeto no ar e apoiado por uma rede de jornalistas, onde um vai alavancar o negócio do outro espontaneamente. Ao chegar nesse ponto, a motivação, o reconhecimento e o propósito não vão faltar na vida desse novo jornalista”, afirma a criadora do projeto.

O curso tem 40 aulas, cinco webinários ao vivo para discutir o conteúdo e quatro webinários com convidados especiais. Um minicurso introdutório gratuito tem quatro vídeos e está no ar. Todo o curso Realize é online. Jornalistas de todos o país podem participar. Além das aulas, o aluno tem acesso ao curso de video-aulas Personal Kanban, do Alisson Vale — uma técnica japonesa de organização de tarefas; certificado com 40 horas; e um convite para participar do Realizadores Mastermind, encontro presencial em Brasília.

O curso é para quem tem vontade de trilhar um caminho novo na vida pessoal e profissional. As matrículas podem ser feitas até o dia 9 de maio no site.

Apoiadores