Porque usar vídeos para se comunicar com os clientes e prospects de forma eficiente

Redação
agosto02/ 2017

A arte de se comunicar e de se relacionar com os clientes é algo que de, tempos em tempos, é amplamente discutido. Não é segredo que os consumidores estão cada vez mais exigentes devido à seu maior entendimento e capacidade de diferenciar marcas e empresas, levando em consideração não apenas o preço. Pensando nisso, existem duas formas básicas de conquistar e “prender” os clientes dentro da sua empresa: por vínculos estruturais e vínculos emocionais.

Os vínculos estruturais dizem respeito ao que sua empresa oferecerá em termos de serviço, produto, suporte, tecnologia e a outros fatores relacionados a isso tudo.

Levando a abordagem para os vínculos emocionais, as companhias têm que entender que os clientes são carentes de atenção. Portanto, muitas vezes surpreendê-los em momentos que eles não está esperando pode fazer a diferença entre eles confiarem em você ou não – e até te recomendarem.

Então, é preciso fortalecer essa conexão e os vínculos emocionais, no sentido de buscar a fidelização dos seus clientes atuais e futuros. E nada melhor do que começar sua caminhada sendo o mais claro e eficiente possível em sua comunicação com eles.

Sabemos que para tornar essa comunicação mais eficiente muitas pessoas optam por fazer mais almoços, encontros e reuniões. Porém, não podemos nos esquecer de que muitas vezes os clientes são pessoas tão ocupadas como a gente. E, na falta de um encontro cara a cara, o vídeo online torna-se uma excelente alternativa.

Os vídeos são uma excelente ferramenta de comunicação e marketing e quem investe nesse formato tem se destacado no mercado. Entenda porque:

6 benefícios de investir no vídeo para se comunicar com os clientes

1. Vídeos são diferentes e legais

Quando você utiliza vídeos, os clientes não sentem que a negociação com sua empresa é uma tarefa árdua. Afinal, eles não ficam no meio de e-mails e relatórios nas “caixas de entrada” e isso ajuda a gerar interesse.

2. São uma ótima forma de aprendizado

Vídeos são muito mais didáticos do que apenas textos e imagens e podem ajudar muito em casos de uma demonstração ou tutorial sobre seu serviço ou produto. Eles fazem com que uma mensagem seja mais bem assimilada e, dessa forma, aumentam as chances de uma pessoa concluir a compra.

3. Clientes não podem evitar de “ler” um vídeo

É impossível evitar inconscientemente um vídeo, da mesma forma que às vezes fazemos com textos. Vídeos prendem a atenção e têm muito mais chances de serem abertos e assistidos.

4. Vídeos são simples e fáceis de gravar

Uma boa câmera, um tripé ou apoio e pronto! Você pode criar bons vídeos de forma muito simples – em menos tempo do que você normalmente gasta para escrever um longo email.

5. Podem ser editados

Assim como textos de e-mail os vídeos podem ser editados e se tornam ainda mais atrativos do que normalmente já são. Existem diversos programas de edição – para todos os níveis de conhecimento – que facilitam ainda mais a composição de um bom conteúdo.

6. É atemporal

Diferente de telefonemas ou encontros presenciais, os vídeos enviados a um cliente podem ser assistidos novamente a qualquer momento. É possível voltar em detalhes, ver uma parte de novo e isso ajuda no convencimento do público. Além do mais isso é excelente para que os clientes possam mantê-los como referência, podendo ainda compartilhar com outras pessoas.

Como fugir das armadilhas da comunicação em vídeo

Mas embora os vídeos possam ser um recurso extremamente útil quando integrados a uma boa estratégia e abordagem, é muito fácil acabar com seus potenciais benefícios se você utilizá-los da maneira errada. Portanto, fique atento à certas armadilhas quando se trata de comunicação por meio de vídeos:

1. Não pense que os vídeos podem funcionar para qualquer coisa

Realmente vídeos são uma poderosa ferramenta de comunicação. Porém, eles não fazem mágica. Algumas vezes será melhor utilizar uma aproximação por e-mail, telefone, ou relatórios tradicionais. Vídeos são válidos quando é necessário prender a atenção dos usuários.

2. Seja claro

Para tornar os vídeos eficientes vá sempre direto ao ponto e evite “saídas pela tangente”. Lembre-se de gravar sempre com um objetivo definido e de focar nele! Ficar enrolando demais só vai fazer com que seu cliente perca o interesse pelo que você está falando e diminuir a eficácia do vídeo.

3. Cuidado com a qualidade dos materiais

Ter boa qualidade de imagem e som é essencial na hora de produzir um vídeo. Se você produzir um conteúdo com baixa qualidade, dificilmente você conseguirá transmitir sua mensagem e seu público tenderá a evitar essa forma de comunicação. Além disso, hoje em dia é muito simples produzir vídeos. Com uma câmera que grava em HD você já tem o suficiente para se comunicar com seu público.

4. Não cumprir o que prometeu

O cliente vai acessar seu vídeo pelo título, descrição ou indicação. É muito importante que o será mostrado no vídeo esteja de acordo com a expectativa criada. Isso cria um vínculo, mesmo que inconsciente, e gera laços de confiança.

Viu só como é fácil, simples e rápido se comunicar com seus clientes utilizando vídeos? Comece agora a produzir seus materiais, invista em conteúdos assertivos e tenha resultados muito melhores junto à seus clientes.

E se você quer melhorar sua comunicação também com o público interno, baixe este material aqui: o guia para alinhar sua comunicação interna. Com certeza ele vai te ajudar bastante.

 

Artigo produzido pela equipe de conteúdo da Samba Tech.

Apoiadores