Pioneiro no Brasil, marco civil das startups vai ser criado em Minas Gerais

Redação
novembro17/ 2016

Uma legislação específica e moderna para o mercado de startups em todo o Brasil está a ponto de nascer e será em Minas Gerais. Este é o objetivo do marco regulatório das startups, que será discutido neste mês durante o Fórum Técnico de Startups de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

O evento será realizado entre os dias 23 e 25 de novembro pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), por meio da Comissão de Desenvolvimento Econômico, que irá colher sugestões para o projeto de lei 3.578/16.

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico da ALMG e do Fórum Mineiro de Startups, deputado estadual Antônio Carlos Arantes, afirma que o fórum técnico é uma grande oportunidade para construir juntamente com a comunidade um modelo de legislação e atenção específicos para os novos empreendedores.

Segundo Arantes, o empreendedor tem uma ideia inovadora que pode transformar a comunidade onde vive, mas muitas vezes não consegue desenvolvê-la. “Quem cria uma inovação tecnológica pensando no desenvolvimento social tem pensamentos e ações especiais. A partir do momento em que se cria uma inovação, o empreendedor propõe melhorias na vida do cidadão e da sua comunidade como um todo. Porém, quando esse novo empresário leva sua ideia para o mercado e tenta viabilizar seu projeto ele esbarra em dois fatores que o impedem de seguir: a burocracia e a falta de capital para investir”, disse o deputado.

A criação do marco regulatório das startups beneficiará o empreendedor, porém o grande contemplado com os resultados deverá ser a sociedade. “O marco visa romper obstáculos e fazer como que o Estado trate e incentive o desenvolvimento das startups. Se o poder público tratar os novos empreendedores de forma diferenciada, eles terão mais condições de fazer seu projeto se desenvolver e chegar na ponta, que é o cidadão. Todos ganham”, concluiu Arantes.

Uri Adoni

A Câmara Minas Gerais-Israel de Comércio e Indústria também participa da iniciativa da ALMG e vai trazer Uri Adoni, membro da Jerusalem Venture Partners (JVP Media Quarter), uma das maiores empresas no mundo especializadas no investimento do capital de outras empresas em startups de tecnologia e inovação (venture capital).

“Uri Adoni terá a oportunidade de compartilhar algumas histórias de sucesso de startups israelenses assim como as experiências da JVP Media Quarter pelo mundo, além de apresentar as políticas, estratégias e ambiente institucional que possibilitaram o enorme sucesso das startups em Israel, trazendo portanto excelente contribuição para reflexão dos participantes no Fórum” diz Marcos Brafman, presidente da Câmara Minas Gerais-Israel de Comércio e Indústria.

A expectativa é de que o empresário possa compartilhar experiências com os empreendedores brasileiros e abordar algumas questões sobre os desafios e os caminhos para quem quer transformar a sua ideia em uma startup de sucesso. “É um grande prazer fazer parte do Fórum Técnico Startups, em Belo Horizonte, onde teremos a oportunidade de compartilhar algumas histórias de sucesso de startups israelenses, assim como as experiências da JVP Media Quarter pelo mundo”, afirmou Adoni.

Serviço

Fórum Técnico Startups em Minas Gerais – A Construção de uma Nova Política Pública
Quando: de 23 a 25 de novembro
Onde: ALMG
Realização: Comissão de Desenvolvimento Econômico da  ALMG
Inscrições: basta acessar a página do Fórum Mineiro de Startups no Facebook. Clique aqui

 

Fonte: Big Ideia

Apoiadores