Nova tecnologia minimiza impactos ambientais

Giuliano Le Senechal
maio06/ 2015

Com a proposta de transformar passivos ambientais de mineradoras e de siderúrgicas em produtos de alto valor no mercado e, o melhor, sem a utilização de água, a YKS, empresa especializada no desenvolvimento de soluções sustentáveis, iniciou testes de um novo projeto, que utiliza tecnologia totalmente inovadora. A ideia é implantar processo a seco para reutilizar o ferro dos resíduos sólidos industriais.

Sabrina Lima, diretora de projetos da mineira YKS, adiantou que, em princípio, a empresa estuda a viabilidade de instalação de duas plantas industriais para separação e processamento dos materiais. “Uma pode ser alocada em Minas Gerais, outra, no Espírito Santo, estados em que duas empresas de siderurgia se interessaram pela proposta e têm operação”, revela. Como está em fase de testes, a diretora preferiu não dar detalhes do projeto.

Amostras recebidas pela empresa agora passam por etapas de pesquisa para reaproveitamento. “O objetivo é transformar o que hoje é lixo em produtos de grande valor agregado. Para isso, nossos esforços se concentram, por exemplo, na recuperação de frações metálicas dispostas nesses resíduos, como o ferro, além de frações não metálicas, como a sílica e a cal, gerando perspectivas de otimização e reaproveitamento desses produtos”, explica Sabrina.

www.yks.com.br

Apoiadores