Networking não é fazer contatos, é criar conexões

Redação
setembro06/ 2015

Networking é um dos jargões mais amados (e odiados) do mundo dos negócios. Se bem utilizado, é uma das principais ferramentas para se construir uma rede de contatos forte e que traz resultado para o empreendedor. De forma limitada, se restringe a trocar cartões de visita que se perdem, assim como as oportunidades que poderiam gerar. Preparado para deixar de usar os cartões como muleta e fazer realmente um networking eficiente?

Fazer contato é diferente de estabelecer uma conexão. Networking é sobre desenvolver e manter conexões significativas com outras pessoas. A visão negativa do termo está associada a prática de buscar o contato para se aproveitar da influência daquela pessoa. Uma abordagem artificial e, principalmente,  frustrante para os mais tímidos.

A conexão cria uma relação de benefícios mútuos. Networking não deve ser visto como um meio para se atingir um objetivo, mas como a oportunidade se desenvolver canais frutíferos para os negócios. Visto dessa forma, elimina-se a ideia de que empreendedor que sabe fazer contatos é o que mais distribui cartões em um evento. Quanto mais você entender como fazer networking, mais pessoas interessantes e com grandes oportunidades você pode engajar nos seus empreendimentos.

 

Fonte: Startup Sebrae

Apoiadores