Lançada metodologia para empresas que querem implementar a Gestão Horizontal, operando com mais foco e transparência

Larissa Borges
junho14/ 2017

Acaba de ser lançada o Honeycomb (honeycomb.do), a plataforma da metodologia de gestão estratégica para empresas que querem operar com mais foco e transparência, além de conectar o propósito da empresa com o de seus colaboradores.

A metodologia, já implementada em sua versão inicial em 8 startups e 2 empresas, chega na sua versão aberta ao público e gratuita. Uma das empresas que a adotou foi a Swissnex Brazil, iniciativa do governo suíço que conecta startups e acadêmicos dos dois países.

“A swissnex Brazil estava em um momento crucial de amadurecimento e consolidação organizational e o Honeycomb foi a ferramenta perfeita para nós melhor definirmos e estruturarmos de forma transparente e clara os nossos objetivos estratégicos, e para monitorar o nosso progresso como equipe.”, contou Gioia Deucher, CEO da Swissnex à época.

Criado para ser o modelo de gestão interno do grupo abeLLha (que agrega uma incubadora de negócios sociais, o app GoodPeople e o Honeycomb), a metodologia começou a se tornar um produto com o tempo: “As pessoas que conheciam o Honeycomb ficavam empolgadas e queriam operar desta maneira nas suas empresas. Percebemos que tínhamos um produto comercial forte em mãos e resolvemos lançar a plataforma para que o impacto se escalasse para mais e mais empresas e pessoas”, conta a fundadora Ana Julia Ghirello que havia implementado uma gestão parecida quando era vice-presidente do bomnegocio.com.

O Honeycomb está disponível no site www.honeycomb.do para qualquer empresa o startup que queira implementá-lo. funciona assim: a cada trimestre a equipe define as áreas estratégicas do negócio e quais os objetivos a serem alcançados. Em seguida, listam as ações necessárias para chegar aos objetivos definidos. Depois disso, a equipe cria papéis com responsabilidades claras para que o dia-a-dia operacional da empresa flua. Finalmente, cada um se candidata para os papéis e objetivos que pretende tocar, declarando seu nível de habilidade (de 1 a 3) e nível de motivação (também de 1 a 3).

“A gente percebeu como é importante ter organizações com gestão focada nas pessoas. Quando o seu propósito está conectado com o da empresa e você sabe exatamente suas funções e como elas impactam no objetivo a ser atingido, a sensação de pertencimento é gigante”, conta Fel Mendes, cofundador do Honeycomb. O time de fundadores ainda conta com o sueco-carioca Maxim Kejzelman.

Para empresas que já operam e querem implementar uma gestão transparente e focada nas pessoas, os criadores da metodologia também oferecem consultorias que variam entre 12 e 20 mil reais de acordo com o tamanho do time. Para startups, a equipe está preparando uma série de workshops gratuitos, em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte.

Para saber mais: www.honeycomb.do

Apoiadores