Inatel cria novos espaços de empreendedorismo

Inatel cria novos espaços de empreendedorismo
Redação
julho01/ 2016

Os novos espaços de empreendedorismo do Inatel possui um moderno Laboratório de Criatividade, Ideação e Inovação, que integra a Rede SibratecShop; um Crowdworking Vale da Eletrônica, projeto desenvolvido em parceria com a Telefónica /Vivo e a Ericsson; e novas instalações da Incubadora e da Pré-Incubadora de Empresas e Projetos aos empresários e equipes incubadas.

A criação do novo laboratório foi viabilizada por meio de um programa do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTI que tem como objetivo criar ambientes de aprendizado que ofereçam acesso livre a equipamentos e estimulem o trabalho colaborativo para desenvolvimento de produtos, processos e negócios. O novo ambiente é o segundo laboratório aberto criado em Minas Gerais por meio do Programa Sibratecshop e contou com recursos do CNPq para ser viabilizado.

Segundo o coordenador geral de serviços tecnológicos e secretário substituto da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, professor Dr. Jorge Mario Campagnolo, são 12 laboratórios como este no Brasil, implantados em diferentes regiões. “Nosso desafio é transformar conhecimento em negócios. Não queremos só ajudar a prototipar um produto ou processo, e sim, ajudar na capacitação do futuro empresário. Quando resolvemos criar esse projeto piloto, pensamos em procurar instituições que já possuíssem experiência em incentivar o empreendedorismo e temos como referência no Brasil, o Inatel. Por isso, não poderíamos ter deixado de implantar esse laboratório aberto aqui”, destacou.

O ambiente recém-criado conta com modernos equipamentos como impressoras 3D e máquinas de prototipagem, além de recursos para reuniões e apresentações como sistema para videoconferência, projetores com som integrado e lousa interativa e é destinado aos alunos e ex-alunos que participam das atividades de empreendedorismo da instituição, empresários residentes na Incubadora do Inatel e empreendedores da comunidade externa, que sejam parceiros do Instituto.

“Dentro do nosso modelo de educação empreendedora, sempre procuramos atender aquelas ideias ainda embrionárias que chegavam do seio de nossa comunidade acadêmica, mas que ainda não tinham um ambiente para serem desenvolvidas e ferramentas para que fossem trabalhadas. Esse conceito de laboratório aberto vai permitir trabalhar essa sistemática de forma plena, com um processo de prototipagem rápida e com sistemáticas ágeis de ferramentas de desenvolvimento de produto”, explicou o coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Inatel, Rogério Abranches da Silva.

Crowdworking Vale da Eletrônica e incubadora

O Crowdworking Vale da Eletrônica é a primeira iniciativa do país a integrar o programa de incentivo a inovação Telefónica Open Future, desenvolvida por meio da parceria entre a Telefônica/Vivo, Ericsson e Inatel. Sessenta e três jovens empreendedores já estão participando do programa e irão desenvolver 20 projetos inovadores ao longo deste ano.

Já as instalações da Incubadora e da Pré-incubadora de Empresas e Projetos da instituição passaram por reforma para melhor acomodar e atender às necessidades dos empresários e equipes que integram o ecossistema de inovação do Inatel.

Apoiadores