Eu preciso mesmo empreender?

Redação
novembro09/ 2015

Por Cínthia Demarie

Não! Há uma pressão social que está ‘na moda’ que é dizer que se você não é empreendedor, você está para trás. Mas atrás de quem? Empreendedorismo não é uma batalha fácil e nem todo mundo tem o perfil para tal. Portanto, antes de mais nada, não sofra com essa ‘obrigação’. A vontade de ter o próprio negócio, simplesmente, não faz de você um empresário da noite para o dia.

Antes de mais nada, você precisa ter em mente que não se trata de uma tarefa fácil e não, você não ficará rico na primeira semana, talvez nem nos primeiros anos. E pode ser que nem seja rico um dia. Empreender é como uma função a mais que você acumula na sua carreira. Se você trabalha com contabilidade, por exemplo, você continuará a ser contador e acumulará mais um monte de outras funções que você obrigatoriamente terá que aprender e executar, antes mesmo de liderar uma equipe.

Se tempo é dinheiro, a partir de agora, você controla o seu. Tem gente que perde muito dinheiro saindo do emprego fixo para abrir o próprio empreendimento, porque não consegue controlar o tempo e se vê perdido em suas tarefas. Nesse caso, fique onde você está, aprenda, faça cursos, pague suas contas, junte uma boa verba que vá te segurar por uns meses. Ou simplesmente, não empreenda. Qual é o mal nisso? Tem pessoas que realmente são felizes com o que fazem, lhe agradam ter um chefe para controlar as tarefas, trabalhar em uma grande empresa, com vários colegas de trabalho etc. E se te faz feliz a sua realidade, não meta os pés pelas mãos.

Sabe aquela ideia de roupas que estão na moda que não combinam com você? Pois é. Não é porque está nas passarelas que irá te servir bem ou que você ficará satisfeito em vestir. E ganha dinheiro quem faz bem o que gosta, onde gosta. Se for na sua empresa ou na empresa de outras pessoas, não importa. Até porque para empreender é preciso gostar muito, mas muito mesmo, porque se você reclama das tarefas extras que faz hoje, se verá fazendo muitas outras que jamais imaginou.

Se ainda assim ver o seu sonho sendo realizado, vidas sendo modificadas pelo que você faz com as suas próprias mãos mesmo com todas as dificuldades, aí sim, amigo. Vai fundo que nenhum outro emprego te dará essa experiência.

 

 

Apoiadores