Conheça as 21 startups selecionadas do BioStartup Lab Rodada Interfarma

Redação
junho02/ 2017

Parabéns às selecionadas que passarão por 10 semanas de pré aceleração, recebendo conteúdo e treinamento para modelar o seu negócio, com contato direto com as maiores indústrias farmacêuticas do mundo.

Os 21 projetos selecionados se destacaram em um grupo com mais de 351 empreendedores inscritos, vindos de 100 Instituições de 16 estados e 3 países diferentes.

E tem startups mineiras entre as escolhidas. A Physium Soluções Hospitalares, uma startup que surgiu no INATEL, foi incubada pela mesma entidade e participou da primeira edição do programa crowdworking Vale da Eletrônica. É Minas mostrando seu poder no segmento da inovação.

Confira mais sobre as escolhidas:

– Beone: Utiliza a fotobiomodulação como uma tecnologia de baixo custo altamente efetiva e rápida para tratamento de feridas de difícil cicatrização. Por meio de uma tecnologia embarcada são embarcados comprimentos de onda eletromagnéticos que conseguem dar comandos genéticos ao tecido aumentando a velocidade e capacidade de cicatrização e diminuindo o processo inflamatório enquanto outro comprimento de onda é empregado para eliminar microrganismos que causariam infecções.

– Physium: Esterilizador de equipamentos eletro-médicos que une dois métodos de esterilização em um só equipamento de modo a garantir a esterilização externa e interna dos equipamentos eletro-médicos.

– Naiad: Tem o intuito de melhorar a busca de moléculas bioativas, por meio de protocolo computacional de high throughput screening para busca de moléculas com efeito enviesado. Essa abordagem permitirá a diminuição de custos, já que abordagens in silico são em geral mais baratas do que in vitro e o aumento na velocidade na busca por fármacos que gerem menos efeitos colaterais e sejam mais efetivos.

– Laboratório de Experimentação em Produtos Naturais: Formulação em creme tópico contendo extrato hidroalcoólico das folhas de Copaifera langsdorffii para a cicatrização de lesões cutâneas.

– XenoMed– Oncologia Individualizada: Terapia oncológica personalizada baseada na resposta quimioterápica de xenotransplantes tumorais de pacientes humanos em camundongos. A realização do xenotransplante possibilita a mimetização de um microambiente tumoral vascularização e diversidade de tipos celulares mais compatível com a realidade diferente do que se encontra nas células que são mantidas em cultivo onde não há inclusive interação com o sistema imunológico sendo este de extrema importância na relação tumor hospedeiro.

– Osteovita Biotecnologia: Manufatura de enxertos ósseos a partir de esponjas marinhas. A Osteovita Biotecnologia tem o objetivo de propor soluções inovadoras na área de enxerto ósseo feitos a partir de esponjas marinhas com intuito de desenvolver produtos de origem nacional de baixo custo e altamente eficazes para o tratamento de problemas do sistema osteoarticular solucionando grande parte dos problemas que essa área enfrenta atualmente.

– Salus: O Salus e um sistema de saúde auxiliar que por meio da tecnologia busca levar mais acesso e garantia de atendimento para toda população. Podendo agendar consultas check-ups ou exames médicos com preços mais acessíveis aos usuários tem a sua disposição um aplicativo dedicado site e central de atendimento para facilitar o agendamento e incentivar a busca pelo tratamento e prevenção de problemas da saúde.

– LIM58: Os sarcomas em geral são tumores raros e de difícil diagnóstico e os hospitais e instituições generalistas não possuem capacidade para identificar e tratar um sarcoma. O método mais utilizado para diagnóstico e diferenciação dos sarcomas uterinos é via imagem ressonância tomografia e ultrassom, no entanto, trata se de uma metodologia pouco especifica e sensível uma vez que é muito difícil diferenciar os tipos histológicos o tempo é um fator crucial para tratamento e prognóstico dos sarcomas uterinos. Por isso a LIM58 quer propor um modelo inédito na literatura para tratamento diagnóstico e prognóstico dos sarcomas uterinos utilizando drogas alvo.

– InSiChem: A InSiChem propõe o desenvolvimento de modelos de machine learning para predizer a atividade de novos produtos químicos.  Deste modo compostos químicos são identificados primeiramente a nível computacional e só após esta identificação são encaminhados para a validação experimental.

– SynBio AQA: Abordagem inovadora na aplicação de probióticos como tratamento alternativo de diabetes mellitus tipo 1. A SynBio AQA propõe um produto que consiste em um alimento associado a um microrganismo probiótico geneticamente modificado capaz de aderir a superfície mucosa intestinal do paciente e a partir de seus níveis de glicose condição que cria necessidade de insulina produza uma espécie modificada de insulina que além de mais estável que sua versão nativa tenha a capacidade de se infiltrar em células epiteliais do intestino transportando-se assim para a corrente sanguínea.

– Cuco Health: é um APP enfermeira digital que lembra pacientes da tomada do medicamento educa sobre a condição crônica e monitora a adesão medicamentosa.

– Tech-Pain: Carreamento específico de analgésicos e antiinflamatórios encapsulados em nanoestruturas para o foco da dor e inflamação. O revestimento de AINEs em nanoestruturas impede a observação dos efeitos adversos podem ser eficazmente reduzidos através da realização local específico / direcionada através de novas abordagens de formulação. Como resultado o uso de novos sistemas de distribuição tais como nanocarreadores pode conduzir a melhor eficiência e ampla aplicabilidade no manejo de doenças crônicas articulares.

– Breyer BioPharm: a proposta é centrada no desenvolvimento de uma nova asparaginase com menor efeito imunológico e maior meia vida na corrente sanguínea. O desenvolvimento deste medicamento irá suprir a demanda brasileira e irá evitar interrupções em tratamento ocasionadas por problemas de abastecimento além de evitar tratamento de pacientes com asparaginases de origem questionável. Vale ressaltar que  o desenvolvimento de um asparaginase  com menor efeito imunológico e maior meia vida na corrente sanguínea também possibilitará o tratamento de pacientes com hipersensibilidade, pois estas características propiciam a aplicação de doses menores nos pacientes.

– Autoestima: A proposta é a elaboração de produtos de fácil acesso à comunidade de baixa renda  como o dentifrício ou enxaguante bucal com metabólitos anti-cariogênicos existentes nas oleorresinas para prevenção de problemas bucais em especial para as crianças e pré-adolescentes poderem preservar a dentição. Outro produto também à base da química natural é o anti-acne que permitirá a diminuição dos constrangimentos aos adolescentes pela presença dos comedões.

– KIT hospitalar: Desenvolvimento de um KIT hospitalar Luminol-Ufrj + Biodetergente enzimático para um programa  de combate a Infecção hospitalar. O KIT pode ser utilizado nas centrais de material esterilizado centros cirúrgicos unidades de terapia intensiva aparelhos de endoscopia cateteres e outros pontos designados pela Comissão de Controle da Contaminação Hospitalar.

– PluriCell Biotech: Produzimos células humanas derivadas de células-tronco para testes testes pré-clínicos mais assertivos. Uma proposta a partir do uso de células humanas não modificas derivadas a partir das células iPS. A partir da tecnologia iPS é possível gerar células humanas específicas como coração e de pele para uso em laboratórios e aumentando a assertividade dos experimentos realizados nos estágios pré-clínicos.

– Nanocell: Produção de hormônio do crescimento humano via tilápia do Nilo com baixo custo para uso em saúde animal e humana, utilizando tanto o sistema CRISPR/Cas9, quanto nanomateriais com tecnologia patenteada. Desta maneira é possível ter a expressão de tecido específica do GH evitando-se o sacrifício do animal na obtenção da proteína recombinante possibilitando a redução do custo de purificação e o aumento na produção bruta além de ser um modelo para produção de outras proteínas recombinantes de interesse econômico e para a saúde.

– Farmácia do Bem: Captação e doação de medicamentos aliando tecnologia gerando impacto social e ambiental por meio de plataforma digital.

– SanteMed: é a mais completa plataforma para atendimento e gestão permitindo a clareza financeiro entre o médico e o plano de saúde, com eficiência tecnológica e precisão de informações durante o processamento de dados. Não apenas com isso, mas o conjunto das funcionalidades propõe que o profissional tenha todo o controle na palma da sua mão em alguns cliques.

– PackID: PackID ajuda na garantia de qualidade de produtos que demandam o acompanhamento periódico de temperatura, por meio de tecnologia de radiofrequência e sensores.

 Tx Biotechnology  Enterprise: Software que oferece um processo rápido através de uma interface amigável a baixo custo para Busca de moléculas com potencial farmacológico que possam alcançar o mercado.

Fonte: BioStartup Lab

Apoiadores