Cheirinho de novidade

Erick Brazil
junho05/ 2015

Estudos recentes afirmam que o olfato é o sentido mais apurado da espécie humana. Porém este sentido é o mais negligenciado pela maioria dos governos e são praticamente nulas as políticas públicas que tratam com seriedade nosso sentido olfativo. Não faz muito tempo, leis e diretrizes que regulamentam a poluição visual e poluição sonora foram criadas e são levadas em consideração no atual planejamento urbano de nossas cidades.

Comparando os sentidos, nossa visão consegue distinguir cerca de 7,5 milhões de cores e nossos ouvidos identificam cerca de 350 mil tons sonoros. Já nosso olfato, é capaz de distinguir cerca de 1 trilhão de odores fazendo com que este sentido seja o mais apurado de nossa espécie.

Pesquisadores da Universidade de Cambridge e da Universidade de Cornell, a partir de palavras-chave postadas nas redes sociais Instagram e Twitter nas cidades de Londres e Barcelona, criaram um mapa de odores georreferenciado destes locias. Em suas pesquisas, desenvolveram o que chamaram de Urban Smellscape Aroma wheel que é uma classificação de aromas distribuídos em 10 categorias e conseguiram mapear o cheiro predominante em cada localidade pesquisada.

minas-inova-coexist-smellscape-aroma-wheel-02

minas-inova-coexist-smellscape-aroma-wheel-01

O intuito deste trabalho é iniciar uma discussão positiva a respeito do olfato humano e possibilitar a criação de políticas públicas relacionadas ao olfato e o desenvolvimento de aplicativos nos consagrados mecanismos de buscas e de georreferenciamento.

 

Fonte: Folha de São Paulo e Co.EXIST

Apoiadores