Aceleradora ACE tem Clubinho de Ofertas como uma das startups de sua nova turma

Larissa Borges
julho19/ 2017

Uma plataforma de venda para ingressos de programas infantis com valores promocionais, que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento das crianças por meio da cultura, lazer e diversão com toda a família: esse é o Clubinho de Ofertas, que está no nono ciclo de aceleração da ACE, considerada a melhor aceleradora de startups da América Latina.

Grasiela Camargo, que  criou o Clubinho, conta que a iniciativa para buscar uma aceleradora partiu, principalmente, do interesse para buscar novos investidores. “Precisava organizar a empresa, otimizar processos e metrificar todas as ações realizadas para o alcance das metas e resultados financeiros. Meu objetivo com a aceleradora é aprender como transformar a empresa em um negócio mais dinâmico, que possa ser escalável com maior facilidade e ter uma estrutura bem organizada para buscar investidores.”, explica.

Para quem não conhece o trabalho dessas empresas, uma aceleradora auxilia na organização da estrutura da empresa, apresentação, busca e avaliação de possíveis investidores. As startups aceleradas também são apresentadas à rede de contatos e investidores que a aceleradora possui, auxiliando nos processos de investimento.

A decisão de procurar uma empresa como a ACE é baseada, inclusive, pelos números que o CO apresenta atualmente – a plataforma tem obtido amplo crescimento, mesmo sem nenhum investimento externo. Para se ter uma ideia, o crescimento verificado em abril deste ano foi em torno de 153% maior que em relação ao ano anterior. “Aumentamos nossas ações em redes sociais, buscamos parcerias estratégicas com blogueiras e incentivamos a criação de novos eventos para aproveitamento dos feriados.”, conta Grasiela.

A expectativa com a ACE é de manter um crescimento de 10% ao mês. “Estamos desde abril com a aceleradora e os resultados já começaram a aparecer desde o primeiro mês. Realizamos uma semana de treinamento intensivo chamada Wizard logo no início e o conteúdo e a dinâmica vivenciados já impactaram as ações dentro da empresa desde então.”, complementa Grasiela. Em 2016, o CO cresceu  53% em relação a 2015, com faturamento de R$2 milhões. No primeiro semestre de 2017, os números aumentaram 58% em relação ao mesmo período de 2016, com faturamento do semestre em R$1,5 milhão. Para este ano, Grasiela tem uma projeção de R$3,5 mihões com as ofertas que oferece nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo e Salvador. Há, ainda, o plano de expansão para outras capitais do país.

Apoiadores