Oportunidade para acelerar sua Startup

Redação
abril08/ 2016

Os empreendedores interessados em desenvolver seus projetos e impulsionar suas startups não podem perder essa chance que o Inatel, a Ericsson e a Telefónica irão oferecer. Estão abertas as inscrições para participar do Crowdworking Vale da Eletrônica, o primeiro espaço de inovação criado no país como parte do Programa Telefónica Open Future, que engloba as iniciativas de incentivo ao empreendedorismo do Grupo Telefónica.

Podem participar da seleção alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação ou pós-graduação do Inatel, ex-alunos formados em algum destes cursos, professores e pesquisadores da instituição e quaisquer outros empreendedores associados a esses. Serão avaliadas propostas de soluções inovadoras de base tecnológica (produtos, softwares, processos ou serviços) prioritariamente dentro dos segmentos de Internet das Coisas, Aplicativos para B2B e B2C, Aplicativos e soluções para Pequenas e Médias Empresas, Aplicativos para TV, Soluções de Digitalização “End to end” (E2E), Big Data e Smart City.

, podendo ser pessoas físicas ou jurídicas. Os projetos selecionados contarão com espaço de trabalho compartilhado, suporte técnico e mentorias de forma gratuita e passarão a fazer parte de um ecossistema mundial, em que poderão trocar experiências com empreendedores estrangeiros, executivos e parceiros do Open Future.

Durante todo o processo, os empreendedores serão acompanhados pela Academia Wayra, aceleradora que também integra as iniciativas do Open Future e que poderá selecionar projetos que estejam em fase mais madura para serem apoiados diretamente pela academia. Da mesma forma, a Ericsson também vai apoiar e acompanhar o desenvolvimento dos projetos, podendo investir naqueles que estiverem mais alinhados aos seus segmentos de negócios.

As inscrições vão até o dia 24 de abril e podem ser feitas no site www.inatel.br/openfuture.

Sobre o crowdworking

Os espaços de crowdworking, que integram o Programa Telefónica Open Future, funcionam como áreas de trabalho colaborativo, criadas em conjunto com parceiros públicos e privados, em que os jovens podem colocar em prática suas ideias e recebem o apoio necessário para desenvolver seus projetos, sob o olhar de aceleradoras. Hoje, existem mais de 20 espaços de crowdworking espalhados pelo mundo em países como Espanha, Costa Rica, Equador e China, onde são impulsionados anualmente cerca de 400 projetos.

O Crowdworking Vale da Eletrônica nasceu de uma parceria entre o Inatel – centro de ensino, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias do sul de Minas Gerais – a Ericsson e a Telefónica e compreendem os espaços físicos da Incubadora e da Pré-Incubadora de Empresas e Projetos do Inatel, e ainda, o Laboratório de Criatividade, Ideação e Inovação, que deve ser inaugurado em abril na instituição.

Apoiadores