Empresas brasileiras são selecionadas em programa de aceleração espanhol

Redação
fevereiro24/ 2016

A Mundi Lab (http://mundi-lab.com/), aceleradora de startups espanhola promovida pela Munich Re (www.munichre.com), maior resseguradora do mundo, anuncia quais são as 10 startups em estágio amadurecido e com atuação principalmente na península ibérica e américa latina que participarão da sua primeira turma global de acelerados.

Nesse processo, as primeiras selecionadas vêm de 6 países diferentes e atuam em áreas como análise de dados, hardware e soluções wearable e foram selecionadas a partir de um processo rigoroso de análise que levou em consideração fatores como maturidade do projeto, expertise do time, base tecnológica, e potencial de impacto na cadeia da indústria de seguros.

A primeira fase, que ocorrerá em Madri terá duração de 5 semanas a partir do dia 29 de fevereiro, permitirá às startups escolhidas terem o ambiente ideal para a evolução de seus modelos de negócios e chegada ao mercado ibérico de seguros de forma mais sustentável e com um projeto mais sólido e definido. Em contrapartida, auxiliará também a Munich Re já compreender quais delas já estão no momento certo de seguirem e serem investidas pelo grupo.

Confira as startups:

NetBee (Brasil) – http://www.netbeetech.com.br/

Internet das Coisas aplicada a carros. Solução inovadora para recuperação de veículos roubados, reduzindo custos em 90%.

Nexer (Brasil) – http://www.nexer.com.br/

Plataforma que conecta carros motoristas e empresas, e facilita a compra de soluções de seguro pré-pagas.

CBien (França) – https://www.cbien.com/

O inventário digital para propriedades pessoais. Plataforma digital que permite ao usuário assegurar, avaliar, e organizarem seus pertences pessoais físicos.

Sureify (EUA) – https://www.sureify.com/

Plataforma de seguro de vida para a geração Y. Seguro de vida conectado por dispositivos que premia os consumidores pelo comportamento saudável.

Neurotransvirtual  (Espanha) – http://www.neurotransvirtual.com/

Aplicação de realidade virtual imersiva para reabilitação. Melhora a eficácia e a duração de terapias de reabilitação para pacientes com traumas neurológicos e psicológicos.

RiskApp (Itália) – http://www.riskapp.it/

Coleta, processa e apresenta dados de risco para a indústria de seguro.

Bynse/Cubenube (Espanha) – http://www.cubenube.com/index.php

Serviços de big data & business intelligence para agricultura. Especialista no desenvolvimento de sistemas de informação e dados na nuvem.

Social Diabetes (Espanha) – https://www.socialdiabetes.com/en

Solução abrangente para o gerenciamento digital da diabetes. Ferramentas digitais para melhorar a vida de pacientes com diabetes.

Pensumo (Espanha) – https://pensionporconsumo.es/

Solução que visa complementar as contribuições para previdência. Uma nova relação entre os consumidores e os pequenos proprietários da loja com a ajuda de micro pagamentos.

WAN (Uruguai) – http://www.wan.am/

Soluções de e-commerce para a indústria de seguros, Plataforma para seguradoras efetuarem a gestão e venda de seguros online.

“Estamos muito animados com esse ​resultado e é claro com a presença de duas startups brasileiras entre as 10 finalistas.  Afinal, nosso interesse é participar de projetos com alto potencial de crescimento que podem gerar transformações e rupturas ao longo da cadeia de valor, impactando positivamente a experiência do consumidor no nosso mercado”, afirma Rodrigo Belloube, CEO da Munich Re do Brasil.

Como funciona?  

Primeira fase (aceleração intensiva de 5 semanas + demo day)

Com duração de 5 semanas, o programa acontecerá quase em sua totalidade dentro da infraestrutura alocada no ‘Madrid International Lab’, espaço de fomento do empreendedorismo e internacionalização da economia local e resultado de uma iniciativa da Câmara Municipal de Madri que atrai startups do mundo todo. Alguns eventos também ocorrerão no Google Campus de Madri.

A iniciativa, que permitiu às startups ingressarem sem custo algum nem cederem equity para tal, tem o objetivo aperfeiçoar os modelos de negócio das startups para uma parceria ou venda dos respectivos serviços para empresas de seguro da região da Península Ibérica e América Latina.

As equipes participarão de workshops semanais liderados por especialistas da indústria e palestras por profissionais de diferentes áreas. Os participantes ainda contarão com horas de mentoria com altos executivos da Munich Re, que ajudarão a moldar cada startup para a indústria de seguros e o mais importante – lançar um programa piloto com seus principais clientes. Ao final do processo será realizado um Demo Day internacional onde todas elas se apresentarão aos principais players do mercado.

Segunda fase (programa piloto de inovação Munich Re)

Os melhores projetos passam para a segunda fase e ingressam automaticamente no programa piloto de inovação da Munich Re. Com duração de 12 meses, ocorrerá remotamente e terá maior ênfase em implementar o go-to-market e validar a solução no mercado com o auxílio de especialistas das indústrias de seguro e resseguro.

Insurance & Tech : um mercado cheio de oportunidades

O espaço Insurance & Tech é atualmente um dos campos mais ativos do mundo de Venture Capital, pois é uma das áreas que ainda oferecem as maiores oportunidades para disrupção.

De acordo com a CB Insights, startups de Insurance & Tech levantaram US$ 2,12 bilhões em financiamentos desde 2010, dos quais US $ 1,39 bilhões foram levantadas desde o início de 2014. O ano de 2015 quebrou todos os recordes registrados, com mais de US$ 800 milhões arrecadados de janeiro a agosto, de acordo com a mesma fonte.

Sobre Munich Re

Munich Re, a empresa líder global no mercado de resseguro, é uma das principais operadoras de risco do mundo e representa a experiência excepcional à base de solução, gestão de risco consistente, estabilidade financeira e proximidade do cliente. No exercício de 2014, o Grupo Re Munique alcançou um lucro de € 3,2 bilhões com um faturamento de € 48 bilhões. Embora a sua principal unidade de negócios seja o resseguro, também atua no seguro primário e emprega mais de 45.000 funcionários globalmente. A inovação é agora uma prioridade fundamental para Munich Re e a iniciativa Mundi Lab é um dos pilares da estratégia de inovação do grupo na Espanha e na América Latina.

 

Apoiadores